Fusca completa 60 anos de história

20 de janeiro de 2019 chat_bubble_outline 0 Comentários share
53
Shares

Modelo estreou com fabricação nacional em 1959 e foi líder de mercado por 24 anos

O Fusca é um dos carros mais apaixonantes de toda a história automobilística. No Brasil, não poderia ser diferente. Durante muito tempo, o besouro, como é apelidado, rodou as cidades brasileiras esbanjando sua personalidade. 

Hoje, dia 20 de janeiro, o Fusca comemora o seu aniversário no Brasil. Já são 60 anos desde o nascimento do primeiro fusca nacional, em 1959. 

Antes disso, o carro era importado e montado aqui por funcionários da Volkswagen, que trabalharam durante os anos de 1953 e 1958 na fábrica do bairro do Ipiranga – SP. Em 1959, o veículo passou a ser produzido com peças nacionais na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. 

Ao desembarcar no Brasil, o primeiro modelo trazia um motor 1.2 de 36 cavalos. O câmbio era de apenas 4 marchas.  Em 1967, algumas alterações de design foram feitas, por exemplo, as setas que eram laterais passaram a ser na frente do veículo. O motor mudou para 1.3 e o sistema elétrico de 6 para 12 Volts. 

Em 1970, nasce o “Fuscão”. Com motor 1.5 de 52 cavalos, o novo modelo possuía aberturas maiores no capô para ventilação do motor, novos faróis e outros acessórios. 

Em 1979, ganhou novas lanternas traseiras, grandes e redondas. O modelo ficou conhecido como “Fuscão Fafá”, alusão à cantora Fafá de Belém.  

Em 1986, a primeira fase do Fusca no Brasil chega ao fim. As produções foram encerradas. Outros países, como o México, continuaram a produção por muito mais tempo. 

O besouro retorna em 1993. A pedido do então presidente do Brasil, Itamar Franco, a Volkswagen volta a produzir o “Fusca Itamar”. Ao contrário da primeira fase, o novo fusca não chamou a atenção do público, que já contava com opções melhores no mercado de automóveis.  

O Itamar era todo repaginado, ganhando interior e detalhes no exterior novos. Entre 1993 até 1996, foram produzidos mais de 40 mil exemplares. 

A terceira geração surgiu no Brasil em 1999. O New Beetle era fabricado em plataforma de Golf, com linhas modernas e motor 2.0. Comercializado até 2010, o veículo não atraiu o público como era esperado devido ao preço elevado. 

Em 2012, a Volkswagen lançou a quarta fase do Fusca, com muito mais design e motor. O carro tinha motor 2.0 turbo fazia de 0 a 100 Km/h em 7,1 segundos. A Volkswagen encerrou a produção dessa geração no Brasil em 2017. O preço alto (76 mil reais) com certeza foi um fator que afastou o público.

O Detran – SP, em comemoração do aniversário do Fusca, destacou 20 curiosidades sobre o veículo. Confira abaixo: 

  1. A produção brasileira do Fusca começou em 3 de janeiro de 1959.
  2. Os primeiros saíram da fábrica Anchieta da montadora Volkswagen.
  3. No sistema do Detran.SP, constam atualmente 827.202 unidades registradas.
  4. É o modelo mais colecionado no Estado de São Paulo. Do total de veículos registrados, 6.927 têm a cobiçada placa preta, para colecionadores.
  5. São Paulo (com 3.856 unidades), Campinas (com 193) e São Bernardo do Campo (com 167) são as cidades com mais Fuscas com placa preta. 
  6. O primeiro modelo do Fusca foi lançado na Alemanha em 1935. Ele foi chamado de Volkswagen (ou carro do povo).
  7. O automóvel foi criado pelo alemão Ferdinand Porsche (sim, o mesmo da marca Porsche).
  8. O Fusca também é conhecido como Beetle (ou “besouro”, em inglês). 
  9. Bug,Käfer,Type 1, Carocha, Coccinelle, Escarabajo, Maggiolino são alguns exemplos de nomes ou apelidos do Fusca em alguns países. 
  10. No Brasil, ele chegou como Volkswagen Sedan. E sua fabricação por aqui começou em 1959 e foi até 1986.
  11. No Rio Grande do Sul, ficou conhecido como Fuca; no Paraná, como Fuqui.  
  12. De seu projeto, surgiram ainda outros sucessos, como a Brasília e a Variant.
  13. Em 1993, o Fusca voltou à linha de produção, a pedido do então presidente Itamar Franco. A nova fase durou até 1996.
  14. Houve até uma última versão, a Série Ouro, que teve apenas 1.500 unidades.
  15. Durante os anos 1970, a produção do “besouro” bateu a marca de 1,5 milhão de veículos fabricados no Brasil. Ao todo, foram fabricados cerca de 3,3 milhões de Fuscas.
  16. No mundo todo, a produção foi de mais de 21,5 milhões de unidades.
  17. Até hoje, o Fusca está entre os modelos mais fabricados de todos os tempos, seja no Brasil ou no mundo.
  18. No dia 22 de junho é comemorado o Dia Mundial do Fusca. No Brasil, existe ainda o Dia Nacional do Fusca, em 20 de janeiro.
  19. O Fusca permaneceu na liderança de vendas do mercado automobilístico por 24 anos consecutivos (entre 1959 e 1982).
  20. Sua produção mundial foi encerrada em 2003, no México.

 

E para quem ainda tem um Fusca e precisa de algum reparo mecânico, o site Oficinas Online (www.oficinasonline.com.br) possui oficinas de confiança por todo o território nacional. Acesse o site e agende a sua revisão clicando na imagem abaixo: 

Sem Comentários

comment Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário

Deixe seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.